Enem completa 20 anos e se consolida como maior vestibular do país

Atualizado em 01/11/2018 17h02


Enem completa 20 anos e se consolida como maior vestibular do país As provas desse ano serão realizadas nos próximos domingos, 4 e 11 de novembro (foto/divulgação)

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) se tornou, em 20 anos, o maior vestibular do país e o segundo do mundo, com mais de 100 milhões de inscritos. As provas desse ano serão realizadas nos próximos domingos, 4 e 11 de novembro, para 240 mil vagas em 130 instituições públicas brasileiras, particulares e também válidas para unidades de ensino fora do país, como Portugal. 

A primeira edição, em 1998, teve 157 mil jovens inscritos para testar os  conhecimentos adquiridos no ensino médio. Sua importância aumentou com o ingresso da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), que passaram a usar a nota do exame como um dos critérios para seleção de ingressantes. Já, a partir de 2009, o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) passou a substituir os vestibulares das instituições federais para a seleção de alunos.

Segundo o Enem, até 2009, a prova era mais voltada aos conhecimentos gerais, mas, quando se transformou em vestibular, ficou mais conteudista. Ajustes deverão ser feitos, já a partir de 2021, para seguir as orientações da Reforma do Ensino Médio e da Base Nacional Comum Curricular.

O Enem é a segunda maior prova de acesso ao ensino superior do mundo, com 5,5 milhões de inscritos para a edição deste ano, atrás apenas do vestibular chinês, o Gaokao, anualmente com cerca de 9 milhões de inscrições.