O desafio de diminuir mortes no trânsito

Atualizado em 27/03/2018 12h48


O desafio de diminuir mortes no trânsito

Os jornais diariamente estampam em suas páginas fotos de veículos capotados, ora destruídos por colisão em árvores ora por choque em postes. Em comum, pessoas perdendo suas vidas, famílias.

 

Tenho acompanhado com muita preocupação os números de ocorrências no trânsito, que matam mais do que doenças como AIDS, gripe e dengue juntas. É um dado assustador.

 

Segundo informações do Infosiga, só no último mês de junho foram registrados mais de 15 mil acidentes no Estado de São Paulo, resultando em 487 óbitos.  A própria Organização Mundial de Saúde (OMS) começou, inclusive, a considerar que não se deve denominar “acidente” as ocorrências de trânsito porque a maioria não é apenas fato aleatório e pode ser evitada.

 

E para diminuir esse drama, o Governo do Estado criou o Programa Movimento Paulista de Segurança do Trânsito, que tem como meta reduzir pela metade as vítimas fatais até 2020. Para tanto, tem intensificado esforços em ações voltadas para educação no trânsito, segurança das vias e veículos, além de gestão nas respostas para acidentes. Um exemplo disso são os convênios com municípios para fornecer auxílio na estruturação da gestão da segurança viária. Já são 33 cidades contempladas e a expectativa é de que, até o final de 2017, se alcancem 52, num investimento total de R$ 100 milhões.

 

Essa ação em parceria com as prefeituras tem se mostrado importantíssima para a mudança de comportamento. Do ano passado até o mês de junho, 439 vidas foram preservadas em todo território paulista. O resultado é importante, mas a intenção é aprimorá-lo ao máximo.

 

O apoio financeiro oferecido pelo projeto é todo proveniente de multas aplicadas pelo Detran.SP, revertidas para a realização de obras e ações que salvem vidas. Os investimentos destinados aos municípios também dependem de estudos realizados em cada localidade. Completada a análise, os convênios são celebrados para o repasse dos recursos que darão suporte aos avanços.

Com o Programa Movimento Paulista de Segurança do Trânsito, a intenção do governo do estado é oferecer mais segurança e conscientização, uma ação fundamental para a preservação e valorização da vida.