Campanha Janeiro Branco alerta para cuidados com a saúde mental

Atualizado em 09/01/2019 15h10


Campanha Janeiro Branco alerta para cuidados com a saúde mental Campanha de conscientização foi lançada em 2014 por psicólogos brasileiros

A conscientização de temas ligados a transtornos emocionais e mentais, tais como ansiedade, culpa, fobia, obsessão e pânico é o mote da campanha Janeiro Branco. Criada em 2014 por psicólogos brasileiros, pretende fazer do primeiro mês do ano um período dedicado às reflexões e ao planejamento de ações em prol da saúde mental.

Segundo levantamento da Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo, cerca de 3% da população do Estado sofre com transtornos mentais severos e persistentes e outros 12% dos cidadãos paulistas necessitam de algum atendimento em saúde mental, seja ele contínuo ou eventual.

A saúde mental é o resultado de um processo que inclui fatores sociais, psicológicos e biológicos, segundo a  Organização das Nações Unidas (ONU) e é afetada por condições de trabalho estressantes, exclusão social, risco de violência, pressões socioeconômicas e fatores genéticos que contribuem para desequilíbrio químico no cérebro. 

Pessoas com esses tipos de transtorno recebem atendimento da rede pública, por meio do Sistema de Único de Saúde (SUS) e disponíveis gratuitamente nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), nos Serviços Residenciais Terapêuticos (SRT), nos Centros de Convivência e Cultura e nos leitos de atenção integral (em Hospitais Gerais, nos CAPS III, com hospitalidade noturna). 

Para mais informações sobre a campanha acesse aqui.