Centro Paula Souza ganha homenagem na Assembleia

Atualizado em 06/12/2019 21h28


Centro Paula Souza ganha homenagem na Assembleia

O deputado e presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, Cauê Macris, homenageou nesta sexta-feira (6) o Centro Paula Souza, que completou 50 anos de existência neste ano.

O ato solene lotou o plenário do parlamento paulista. Diversos funcionários dos órgãos e das Etecs (Escolas Técnicas Estaduais) e Fatecs (Faculdades de Tecnologia) participaram.

“Fiz questão de fazer, realizar e presidir essa homenagem pela importância que o Centro Paula Souza tem na vida do nosso Estado e dos nossos jovens”, disse Cauê Macris, à plateia.

O presidente da Assembleia falou que o Centro Paula Souza proporciona um dos maiores diferenciais do Estado de São Paulo, que é a qualificação da mão de obra.

“Com qualificação, conseguimos ampliar os horizontes. Essa mão de obra especializada fez com que empresas permanecessem no nosso Estado, e não fosse para um outro lugar”, afirmou.

Cauê Macris agradeceu e parabenizou a todos os profissionais do Centro Paula Souza e das Etec e Fatec, que auxiliam na formação dos jovens do Estado de São Paulo.

A cerimônia contou com a presença da secretária de Estado de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen da Silva, e da diretora-superintendente do Centro Paula Souza, Laura Laganá.

CPS

O Centro Paula Souza (CPS) completou 50 anos no último dia 6 de outubro. O órgão foi criado em 1969 com a missão de estruturar os primeiros cursos superiores de tecnologia do país.

Hoje, o Centro Paula Souza se consolida como a maior instituição pública de ensino profissional da América Latina. São atendidos mais de 297 mil alunos em 223 Etec, 73 Fatecs e classes descentralizadas em mais de 300 cidades.

O centro promove a qualificação básica profissional até a pós-grtaduação (strictu e lato sensu). Segundo o órgão, nove em cada dez alunos de Fatecs e três em cada estudantes de Etec conseguem trabalho em até um ano de formado.