Remanejamento de verbas para acelerar obras do Metrô e CPTM é aprovado pela Alesp

Atualizado em 06/02/2019 12h51


Remanejamento de verbas para acelerar obras do Metrô e CPTM é aprovado pela Alesp Proposta aprovada pelos deputados agora segue para sanção do governador João Doria

Em sessão plenária presidida pelo deputado Cauê Macris, os deputados estaduais aprovaram nesta terça-feira (5) o Projeto de Lei 82/2018 que permitirá o remanejamento de recursos remanescentes de contratos com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e com o Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) para obras no Metrô e na CPTM. 

Com essa alteração, o Metrô poderá remanejar o saldo excedente da expansão da Linha 5 (Lilás) para a implantação de portas em plataformas metroviárias. Os recursos destinados ao prolongamento da Linha 2 (Verde) do Metrô agora serão encaminhados para implantação e construção da Linha 13 (Jade), da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). 

De autoria do então governador Geraldo Alckmin, a proposta agora segue para sanção do governador João Doria para se tornar lei.