Cauê fala em seminário sobre Novo Marco do Saneamento

Atualizado em 08/02/2021 16h40


Cauê fala em seminário sobre Novo Marco do Saneamento

O presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, deputado Cauê Macris, participou nesta quinta-feira (28) da abertura do seminário promovido pelo TCE-SP (Tribunal de Contas do Estado de São Paulo) para discutir o Novo Marco Legal do Saneamento Básico.

Cauê Macris ressaltou a importância do seminário para prefeitos e vereadores, uma vez que apenas 6% dos municípios brasileiros são atendidos por empresas privadas de saneamento. O restante, 94%, são estatais ou autarquias municipais. 

“O Novo Marco Legal do Saneamento Básico propiciou aos gestores um horizonte diferente, mas ao mesmo tempo trouxe muitas dúvidas de como fazer a aplicação. Por isso todo diálogo sobre esse assunto é importante. Trata-se de saúde e meio ambiente”, disse Cauê Macris.

Cauê cumprimentou o presidente da instituição, o conselheiro Edgard Camargo Rodrigues, e também os demais conselheiros do tribunal e participantes do seminário, e afirmou sobre os avanços que podem ser obtidos com as novas normas e regras no saneamento das cidades.

O novo marco legal do saneamento entrou em vigor em julho de 2020 com o objetivo de universalizar os serviços de água e esgoto à população brasileira até 2033. Para isso, estima-se investimentos de até R$ 700 bilhões no Brasil, entre recursos públicos e privados.

Atualmente, no país, 35 milhões de pessoas não têm acesso à água tratada e 104 milhões estão sem coleta de esgoto –quase metade da população brasileira. Do volume de esgoto coletado, menos da metade, 48%, é tratado. “O Brasil precisa garantir a universalização”, disse o deputado.