Assembleia ganha novo sistema de monitoramento por câmeras

Atualizado em 03/03/2021 16h52


Assembleia ganha novo sistema de monitoramento por câmeras

O presidente da Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo), deputado Cauê Macris, inaugurou na tarde desta terça-feira (2) o novo sistema de videomonitoramento, que vai deixar a sede do Parlamento ainda mais segura.

Foram instaladas 165 câmeras para garantir a vigilância do Palácio Nove de Julho, que recebe cerca de 5 mil pessoas por dia em período normal. 

Todos os equipamentos têm visão noturna, o que torna a prevenção mais efetiva. As câmeras estão integradas a um sistema operado a partir de uma sala de monitoramento por policiais militares treinados que trabalham na sede da Alesp.

O acesso do público à Casa está atualmente restrito por causa da pandemia, mas a Alesp geralmente recebe milhares de visitantes diariamente, além dos deputados e funcionários. É que, além do trabalho parlamentar, a sede do Legislativo conta com postos de serviços públicos, como a recém-inaugurada unidade do Poupatempo.

O Palácio Nove de Julho também sedia eventos culturais, como a edição do Cine Buzina (uma exibição de filme no clássico formato drive-in) realizada em novembro no estacionamento da Casa.

Só na parte externa são 20 câmeras. O restante está dentro das dependências da Alesp, que somam 53 mil m². As imagens captadas pelos equipamentos ficam armazenadas por 14 dias.

Para o presidente da Alesp, Cauê Macris, é fundamental que o cidadão saiba que está em um espaço seguro ao entrar na sede do Legislativo, e as câmeras reforçam esta sensação. “A Alesp, além de ser a sede do Legislativo, é também um prédio público com serviços essenciais, que sempre teve grande circulação de pessoas. Nossa intenção é garantir a segurança de todos.”

A implantação do sistema teve início em junho do ano passado e foi concluída no mês passado.