Masp completa 50 anos

Atualizado em 07/11/2018 10h52


Masp completa 50 anos Coleção do museu mais emblemático da cidade reúne mais de 10 mil obras

O primeiro museu moderno do país, o Museu de Arte de São Paulo (Masp) completa 50 anos. A coleção do museu mais emblemático da cidade reúne mais de 10 mil obras, entre pinturas, esculturas, fotografias, vídeos, objetos e vestuário de diversos períodos e de vários continentes - produção europeia, africana, asiática e das Américas.

Fundado, em 1947, pelo empresário e mecenas Assis Chateaubriand, primeiramente foi instalado na rua 7 de Abril, no centro da cidade. Para dirigir o museu, Chateaubriand convidou o crítico e marchand italiano Pietro Maria Bardi e Lina Bo Bardi para desenvolver o projeto arquitetônico da nova sede. 

Em 1968, o museu foi transferido para a atual sede na avenida Paulista e se tornou um marco na história da arquitetura brasileira do século 20. A inauguração contou com as presenças da Rainha Elisabeth II e do Príncipe Philip. O prédio de vidro e concreto, sustentado por quatro pilares, teve a inspiração do seu “vão livre” pensado como uma praça ou espaço  para uso da população.

Além da mostra permanente de seu acervo, na pinacoteca do museu, o Masp tem uma diversificada e ampla programação de exposições coletivas e individuais, seminários internacionais, palestras mensais, no primeiro sábado de cada mês, oficinas, cursos no MASP Escola e programação de filmes e vídeos. 

Ao longo do ano de 2017, o MASP recebeu mais de 450 mil visitantes, Desse total, 44% dos visitantes, ou cerca de 200 mil pessoas tiveram entrada gratuita, concedida às terças-feiras para escolas públicas, para menores de 10 anos e participantes de atividades relacionadas aos programas públicos do museu.